A História do Dia Internacional da Mulher

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Dia Internacional da Mulher

Parabéns a todas as mulheres guerreiras, fortes e ao mesmo tempo frágeis, felizes mesmo com todas as adversidades da vida, sonhadoras e persistentes. Sabemos como não é fácil ser mulher, mas lutamos sempre por um mundo melhor para nós, com igualdade, respeito e amor.

Este dia 08 de março não surgiu por acaso e vamos contar aqui o porque e como esta data tão importante foi criada.

A história sugere que o dia foi criado a partir de um incêndio que teria começado em uma fábrica têxtil, em 1911 na cidade de Nova York. Cerca de 130 operárias foram mortas carbonizadas. Este dia 25 de março foi marcado pelas lutas feministas, mas tudo indica que a criação da data aconteceu bem antes deste episódio.

As lutas por melhores condições de vida das mulheres começaram no final do século 19, onde movimentos operários protestavam em vários países da Europa e EUA. A jornada de trabalho era muito superior ao permitido, próximo a 15 horas por dia e os salários muito inferiores aos dos homens. Também lutavam na época pelo fim do trabalho infantil.

Nos EUA, o primeiro dia nacional da mulher foi celebrado em maio de 1908, através de uma manifestação por igualdade econômica e política, que levou mais de 1500 mulheres a se pronunciarem. Em 1909, foi oficializada a data pelo Partido Socialista dos EUA em 28 de fevereiro, onde um protesto de mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York inicializou uma greve têxtil, fechando quase 500 fábricas dos EUA.

No ano seguinte, em 1910, durante a II Conferência Internacional de Mulheres Socialistas na Dinamarca, foi criada uma data anual para a celebração dos direitos das mulheres e aprovada por mais de cem representantes de 17 países.

Mais protestos aconteceram com a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) em todo o mundo. E em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro no calendário Juliano, adotado pela Rússia até então), aproximadamente 90 mil operárias protestaram contra o Czar Nicolau II, por más condições de trabalho, fome e a participação russa na guerra – em um protesto conhecido como “Pão e Paz” – Neste período que a data se consagrou, mas só foi oficializada como Dia Internacional da Mulher em 1921.

Após mais de 20 anos, em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que assegurava os princípios de igualdade entre homens e mulheres. Nos anos 1960, o movimento feminista ganhou forma e em 1975 comemorou-se o Ano Internacional da Mulher. Em 1977 o “8 de março” foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.

Este dia  8 de março deve ser visto como uma contemplação à conquista de direitos e para abordar as discriminações e violências morais, físicas e sexuais que muitas mulheres sofrem, além de impedir que retrocessos ameacem o que já foi alcançado em diversos países.

Autor: planetamirim

Compartilhar este post
468 ad

Gostou do nosso Conteúdo? Adoraríamos receber seu Comentário!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
%d blogueiros gostam disto: